forçando a barra

Aumente o volume, o volume da sua voz e talvez o da música também. Acenda as luzes, melhor não, apague as luzes. Grite mais alto, e se não houver resposta, grite mais alto ainda. Instrua a todos repetidamente, até que alguém se mexa.

Talvez isso te lembre de uma aula de spinning/bike na academia, onde o professor constantemente te “anima” enquanto você se derrete no seu suor. Infelizmente isso não acontece apenas em academias, mas muitas vezes em nossas reuniões, cultos, congressos e conferências.

Sentimos que se gritarmos mais, orarmos mais alto, aumentarmos o volume da guitarra, ter um “pad” de teclado sinistro, pedir para todos dançarem ou “tirarem o pé do chão,” que tudo isso trará a presença de Deus. Confundimos o mover de Deus com o mover das pessoas, o poder divino com o poder da persuasão e o fluir do Espírito Santo com a atmosfera que nós mesmos criamos.

Não fomos feitos para “criar o mover de Deus” e nem de “forçar a barra para Ele se mover,” fomos criados para participarmos do que Ele já está fazendo. Vivemos para conhecer verdadeiramente o Seu coração e assim naturalmente navegar as águas do Espírito.

Por outro lado, somos seres completamente emocionais, falar que não devemos adorar a Deus na emoção é querer mutilar nosso coração. Deus é o Criador das emoções, e elas existem e fazem parte do nosso relacionamento com Ele. Portanto quando nossas emoções não dão espaço para o agir do Espírito Santo, não somos transformados completamente, somos apenas tocados superficialmente.

Talvez o que falte em nossas reuniões não é uma música nova, uma pregação mais convincente e nem um volume mais alto da nossa voz, mas sim a sensibilidade de saber onde Ele está se movendo, correr para lá e permanecer ali.

Até morrer seremos dependentes do Espírito Santo, o melhor professor e amigo de todos, para conseguirmos entender o coração do Pai. Não aprendemos isso da noite pro dia, mas hoje sempre é um bom dia para começar.

Que o nosso coração se expanda para uma dependência total em Deus, que se molde de acordo com a agenda Dele e não a nossa. Andar no Espírito é muito mais eficiente do que pode parecer, pois no final é Ele quem faz a obra e não nós. Nosso papel é procurá-Lo, perguntar o que Ele está fazendo e dizer: “Eis-me aqui.”

-Z.L.

zoelilly
27 Comments
  • Thaís Muniz
    Responder

    Sensacional!

    25 de maio de 2016 at 22:29
  • Show!!

    25 de maio de 2016 at 22:40
  • Paula
    Responder

    Amei a postagem! Deus abençoe!

    25 de maio de 2016 at 22:45
  • Tamara
    Responder

    Esclarecedor! Que Deus continue a se manifestar através de você!

    26 de maio de 2016 at 00:47
  • Renata
    Responder

    Obrigada!

    26 de maio de 2016 at 00:55
  • Daiane Jesus de Sousa
    Responder

    Maravilhoso ,o Espírito Santo tem que se mover livremente, só temos que deixa-lo avontade em nós usar

    26 de maio de 2016 at 01:55
  • Jaise Meireles
    Responder

    Glória a Deus!

    26 de maio de 2016 at 02:44
  • Gabrielle
    Responder

    ZOE VOCÊ É MT USADA POR DEUS !!!! Amei o post ❤️

    26 de maio de 2016 at 03:41
  • kamila
    Responder

    Direto do trono para nossos corações. Lindo! <3

    26 de maio de 2016 at 05:04
  • Matheus Marques
    Responder

    Amo de montão a expressão de seus pensamentos! Sempre edificantes! Sem dúvida, inspirados pelo carinhoso e amado, tão maravilhoso, Pai das luzes!

    27 de maio de 2016 at 16:00
  • Gentil Honda
    Responder

    Essa sensibilidade é o que faz ser sobrenatural… lindo o texto!!! []s

    31 de maio de 2016 at 17:25
  • Juliana DE Andrade Cavalcante
    Responder

    MEU DEUS!!!
    RESPOSTA IMEDIATA!
    JESUS É LINDO!!!!
    SIGO NA BRISA SUAVE OU NO VENTO IMPETUOSO… MAS SEMPRE PERTENCENDO AO ESPÍRITO SANTO!

    31 de maio de 2016 at 17:38
  • Larissa Fonseca
    Responder

    Posso dizer que sinto o senhor ministrar em meu coração, as vezes acreditamos estar vivendo algo pelo simples fato do mover, por sentir o espírito santo, mas até onde permitimos o agir de Deus em nós será que vivo na dependência desse Deus do Espírito que é nosso amigo e ensina a cada dia a maneira que devemos viver. Amei me identifiquei muito mesmo.

    2 de junho de 2016 at 14:30
  • Aninha Lúcia
    Responder

    Como estou crescendo com você, …e aprendendo mais de Deus

    5 de junho de 2016 at 15:35
  • Thaisaramos
    Responder

    Ótimo texto

    5 de junho de 2016 at 15:46
  • Tania Correia
    Responder

    SENSACIONAL! !

    5 de junho de 2016 at 16:12
  • Renata Moni Silva
    Responder

    Esse é o caminho!

    6 de junho de 2016 at 15:28
  • Jessyka Souza
    Responder

    Sensacionaaaal <3

    6 de junho de 2016 at 20:02
  • Bruna Martins
    Responder

    Perfeito!!!! Notei esse diferencial em você quando ministrou na Igreja Batista da Lagoinha Sede (BH). Comentei justamente isso quando saí de lá. Continue sensível. Continue diferente! Você é inspiração!

    7 de junho de 2016 at 13:31
  • Raynnara
    Responder

    Yes
    Correr p mas perto de Deus !!!

    17 de junho de 2016 at 00:44
  • Paula Cavalcanti
    Responder

    :'(
    Maravilhoso

    29 de junho de 2016 at 14:10
  • Super verdade!!! Não tem nada mais lindo do que ver o Espírito Santo se movendo em nosso silêncio.. é a maior prova de que não estamos “forçando a barra”.
    Excelente post!

    Lainy Anselmo
    vozdonoivo.com

    22 de julho de 2016 at 15:09
  • Camila de Morais
    Responder

    Lindo!

    28 de julho de 2016 at 20:15
  • Leticia Costa
    Responder

    Amei!

    18 de agosto de 2016 at 15:30
  • Luara Abigail
    Responder

    Muito bom!

    7 de setembro de 2016 at 14:23
  • Uau ! Perfeito, É Exatamente isso que Estava procurando saber. Obg !

    21 de outubro de 2016 at 14:33
  • Larissa
    Responder

    Texto maravilhoso!

    19 de julho de 2017 at 14:33

Post a Comment